Menu fechado

Existem determinados fatores para que um certo produto caia nas graças do público. E com cerveja não poderia ser diferente… A qualidade de uma cerveja, seu sabor e a drinkability são os fatores que interferem no quanto uma cerveja pode se popularizar e claro, ser consumida. Mas por que justamente a cerveja Pilsen dominou o mundo?

A Pilsen ou American Standart Lager: o estilo de cerveja mais consumido do mundo

A drinkability nessa hora é a primeira coisa que vem à cabeça. Uma cervejinha barata e fácil de tomar: claro que ia se popularizar pelo mundo todo. Mas existem cervejas de outros tipos que tem uma drinkablity praticamente do mesmo nível que uma Standart Lager e um custo que teria diferença insignificante de produção.

Por que beber Pilsen?

Um elemento crucial para qualquer cerveja é a levedura, pois é exatamente ela que faz a cerveja. Antes da invenção do microscópio e da descoberta das bactérias, muitos acreditavam que uma divindade era responsável pelo processo de fermentação, foi somente em meados de 1.800 que as leveduras foram descobertas.

Sabemos hoje que diferentes leveduras fazem diferentes cervejas. Antigamente, as famosas cervejarias belgas que produziam as Lambics (cervejas de fermentação espontânea) se recusavam a sair do prédio onde foram fundadas com medo de comprometer seu produto. Pensavam que as bactérias em outro local poderiam ser diferentes, gerando um produto diferente.

cerveja pilsen dominou o mundo

Isso afligia não somente os produtores de Lambics, mas todos os cervejeiros. Era impossível comprar uma levedura como podemos comprar hoje, elas haviam sido recentemente descobertas e ainda não isoladas a ponto de serem comercializadas, logo fazer cerveja há alguns séculos era extremamente complicado.

Foi então que em 1.870 foram descobertas as Saccharomyces pastorianus por Max Reess, que achavam parecidas com as Saccharomyces carlsbergensis (nome atribuído por outro cientista que trabalhava para a Carlsberg). Mas depois de um tempo, descobriram que tratava da mesma levedura. Adivinha de qual tipo?

Sobre as Lagers

Essa foi a primeira levedura a ser comercializada, por isso fazer cerveja do tipo Lager se tornou mais fácil. Digamos que se um brasileiro quisesse abrir uma cervejaria no início do século XX, ele poderia tentar a sorte com algumas leveduras selvagens, contratar cientistas, ou simplesmente comprar a levedura Lager. E foi isso que aconteceu pelo mundo todo.

Claro que isso foi só o ponta pé inicial. Poderíamos ter Helles ou Dunkel como os estilos mais populares hoje em dia, mas é aí que entram aqueles primeiros fatores do texto: a qualidade de uma cerveja, seu sabor e a drinkability. Mas já parou para pensar o que seria do mundo se a primeira levedura comercializada fosse uma Ale?

Fonte: Por que a Cerveja Pilsen dominou o mundo? | Mais 1 Gole

WhatsApp chat