Menu fechado

Sabor a ginja, de baixa fermentação, de cor rubi e aspeto brilhante formando uma espuma densa de cor branca com tons rosados.

Cerveja artesanal Vadia aposta na ginja de Óbidos

Sabor a ginja, de baixa fermentação, de cor rubi e aspeto brilhante formando uma espuma densa de cor branca com tons rosados.

Esta é a nova cerveja Vadia Ginja de Óbidos, já no mercado, apresentada pelos proprietários da marca que é produzida artesanalmente na freguesia de Ossela, Oliveira de Azeméis.

Os responsáveis da “Vadia” acreditam que os apreciadores do novo aroma irão continuar a aumentar. A ginja está presente no aroma e no sabor de forma subtil mas clara.

Nicolas Billard, um dos proprietários da marca, revelou que a ideia surgiu em 2015 e o objetivo era produzir uma cerveja com incorporação de um fruto português de qualidade e reconhecido no mundo. A opção, explicou, recaiu na ginja de Óbidos e o entusiasmo foi geral pela escolha de um produto internacionalmente apreciado e que integra o registo europeu das Indicações Geográficas Protegidas (IGP) e Denominações de Origem Protegidas (DOP).

Segundo Nicolas Billard houve que encontrar um parceiro para fornecer o melhor produto tendo sido escolhida a empresa Frutóbidos após reuniões com produtores da região.

A cerveja Vadia Ginja de Óbidos, apontada como uma bebida ideal para as tardes e noites de verão, foi oficialmente apresentada no espaço Brewpub, após uma visita guiada à fábrica situada na freguesia de Ossela.

A apresentação terminou com um buffet volante de petiscos regionais ao sabor da nova cerveja Vadia, servida preferencialmente com duas pedras de gelo e uma folha de hortelã.

Fonte: Cerveja artesanal Vadia aposta na ginja de Óbidos

WhatsApp chat