Menu fechado

Chegou o espumante Órus 2015 de Adolfo Lona

Para acabar com qualquer dúvida sobre o valor do espumante produzido no Brasil (e mesmo que alguém diga que isso é inverdade!) desafio os incautos a experimentar essa maravilha: Espumante Adolfo Lona Órus Pas Dosé Rosé 2015. Fresquinho!!! O lote com 622 garrafas devidamente numeradas já está à venda.

A garrafa de 705ml custa, em média, R$ 220. Trata-se de um produto brasileiro para se ter orgulho. Argentino com coração gaúcho, Adolfo Lona cuida ele mesmo de cada um dos pouco mais de 600 filhotes desse precioso vinho (sim, espumante é vinho!). Bebida artesanal elaborada no mesmo feitio dos melhores champagnes franceses, o Órus desfila entre o rol dos grandes espumantes do mundo. Ele feito com três uvas, as tradicionais da Champanhe, Chardonnay e Pinot Noir, mas o enólogo substitui a Pinot Meunier pela Merlot. Está aí um dos segredos desse espumante “”champanheiro”.

Elaborado com uvas da safra de 2011, o Órus 2015 teve tirage em 2013 e estágio de 24 meses na garrafa. A intenção de Adolfo Lona ao preparar este vinho foi recriar a experiência do frade francês Don Perignon, o inventor do Método Champenoise, de segunda fermentação na própria garrafa. O enólogo argentino radicado no Brasil há mais de 40 anos, percorreu passo a passo a receita original do champangne, pelo método tradicional.

Isso é feito com os espumantes obtidos pelo processo de segunda fermentação, realizada em ambiente fechado, isto é, sem deixar escapar o gás carbônico gerado durante a fermentação. O que faz surgir aquelas bolhinhas maravilhosas, que chamamos de perlage (e quanto mais perlage, melhor o espumante!). A segunda fermentação pode ser feita na garrafa, método utilizado pelos enólogos desde o início.

Quem quiser já pode encomendar sua garrafa ou caixa com meia dúzia. O e-mail é espumantes@adolfolona.com.br e telefone da vinícola, que saiu de Garibaldi e se fixou em Porto Alegre, é (51) 3779-8859.

FICHA TÉCNICA:

TIPO: Espumante
ESTILO: Espumantes Complexos
CONTEÚDO: 750 ml
GAL.: 12% DE ALCOOL
TEMPERATURA DE SERVIÇO: 6 – 12°C
UVAS: Chardonnay, Pinot Noir e Merlot
SAFRA: 2011
TIRAGE: 2013
AROMAS: Frutas vermelhas silvestres, frutas cítricas, sensações sutis, delicadas.
PALADAR: Mias complexo que os demais roses, porém suave. Potente e marcante em boca, com final long, ótima persistência que evidencia o bom aproveitamento de suas uvas tintas.
HARMONIZAÇÃO: Ganso ensopado, Linguado asado com batatas cozidas, Feijão branco com toucinho, Mariscos, Espaguete em molho de lingüiça e creme de cebola (Spaghetti alla norcina), Ostras com linguicinhas, Filé de robalo grelhado com batatas cozidas e salsa, Mexilhões em molho apimentado com coentro fresco.

Fonte: Chegou o Órus 2015, de Adolfo Lona! | Finíssimo – Brasília na Moda

WhatsApp chat